Elevando sua Maquiagem: Técnicas de Contorno que Você Precisa Conhecer

0
15

O contorno profissional é uma técnica de maquiagem que ganhou notoriedade a partir da revelação de que celebridades como Kim Kardashian o utilizavam para definir e realçar suas características faciais. Desde então, a aplicação do contorno passou a ser um diferencial no mundo da make avançada, permitindo que qualquer pessoa possa esculpir o rosto, destacar pontos fortes e disfarçar imperfeições. No mundo da beleza, dominar o contorno é um verdadeiro jogo de luz e sombra, que requer conhecimento e habilidade para ser executado de forma natural e harmoniosa.

Para aplicar o contorno de forma eficaz, é necessário compreender a estrutura óssea do rosto e saber como as cores e tonalidades se comportam em diferentes tipos de pele. As técnicas de contorno envolvem não apenas a seleção apropriada de produtos mas também os métodos de aplicação e blendagem, que podem variar de acordo com o resultado desejado. Em vista disso, é de fundamental importância aprimorar-se nas diversas técnicas e produtos disponíveis.

Neste artigo, compartilharemos um guia abrangente que inclui desde a seleção da paleta de contorno ideal até dicas para masterizar o contorno com produtos cremosos e em pó. Também analisaremos como o contorno pode ser integrado com a iluminação para criar um look final deslumbrante e as tendências atuais e futuras que moldam essa arte.

Ao dominar as técnicas e os conceitos de contorno, você estará não só elevando sua habilidade em maquiagem mas também ampliando sua confiança e criatividade. Esteja pronta para explorar e implementar os conhecimentos e estratégias que serão desdobrados nos próximos tópicos. Prepare-se para elevar a sua maquiagem a um nível totalmente novo.

Introdução às técnicas profissionais de contorno

Antes de qualquer coisa, entender o que é o contorno e como ele funciona é essencial para qualquer entusiasta ou profissional de maquiagem. O contorno é uma técnica que consiste em usar produtos mais escuros e mais claros do que o tom da pele para criar a ilusão de sombras e luzes, respectivamente. A ideia é realçar, definir e esculpir os traços do rosto, criando profundidade e dimensão.

Com a popularização da técnica, uma variedade de produtos e métodos foram desenvolvidos para atender às diferentes necessidades e preferências, incluindo o contorno em creme, em pó e até em stick. A escolha do produto depende muito do tipo de pele, do acabamento desejado e da durabilidade necessária para a ocasião em questão. Armar-se com o conhecimento certo sobre como aplicar cada um é crucial para alcançar resultados excelentes.

Para quem está começando, pode parecer desafiador entender onde aplicar exatamente cada tonalidade para alcançar efeito desejado. O processo envolve conhecimento sobre a anatomia facial, uma vez que cada formato de rosto demandará uma abordagem ligeiramente diferente do contorno. É por isso que profissionais passam por treinamento rigoroso e prática constante para entender todos esses detalhes finos.

Selecionando a paleta ideal de contorno para diferentes tons de pele

A escolha da paleta de contorno é um passo decisivo para o sucesso da técnica. Não é um tamanho único para todos; cada tom de pele terá cores complementares que funcionarão melhor. Assim, é de extrema importância selecionar cores de contorno que harmonizem com a cor natural da pele, evitando um resultado artificial.

Tons de Pele Cores de Contorno Recomendadas
Claros Tons taupe e cinzas
Médios Tons neutros e caramelos
Escuros Marrons mais profundos e terracotas

As paletas de contorno geralmente vêm com uma gama de cores que podem ser misturadas e combinadas para o tom exato necessário. A chave é procurar por paletas que ofereçam boa pigmentação e que sejam de fácil blendagem para evitar demarcações visíveis no rosto.

Entender a subtonalidade da pele é também crucial para uma escolha adequada. Pessoas com subtons frios devem optar por contornos com nuances mais acinzentadas, enquanto aquelas com subtons quentes se beneficiam de tons mais amarelados ou terracotas. E, para peles com subtons neutros, as opções são mais variadas, permitindo brincar com um espectro amplo de tonalidades.

Mapeamento facial detalhado: Guia para aplicação precisa

Para um contorno efetivo, não é suficiente apenas selecionar a cor adequada – é preciso saber onde aplicá-la para valorizar os traços naturais. Aqui está um guia básico de mapeamento facial que pode ajudar iniciantes e profissionais a aplicar o contorno de maneira precisa:

  • Testa: Aplique o contorno nas bordas da testa, perto da linha do cabelo, para criar a ilusão de uma testa menor.
  • Maçãs do rosto: Faça uma linha imaginária do topo da orelha em direção ao canto da boca e aplique o contorno abaixo dos ossos das maçãs do rosto.
  • Mandíbula: Contornar abaixo da linha da mandíbula pode definir e esculpir o rosto, principalmente se houver tendência a ter uma “papada”.
  • Nariz: Para um nariz mais esculpido, aplique o contorno nas laterais do nariz, com a possibilidade de conectar à sobrancelha para um efeito mais natural.

Um bom truque é fazer o famoso “duck face” para localizar facilmente onde as sombras naturais já existem e onde o contorno deve ser aplicado para acentuá-las.

Dicas para dominar o contorno com produtos cremosos

O contorno com produtos cremosos é ideal para quem deseja um acabamento mais natural e uma blendagem mais fácil. Aqui estão algumas dicas para aperfeiçoar essa técnica:

  1. Aplique uma base leve antes do contorno para uniformizar a pele.
  2. Utilize um pincel com cerdas sintéticas ou uma esponja de maquiagem para aplicar e esfumar o contorno cremoso.
  3. Aqueça o produto nas costas da mão antes de aplicá-lo no rosto, isso suaviza a textura e facilita a blendagem.
  4. Comece com pouca quantidade de produto e vá construindo a intensidade aos poucos para um efeito mais sutil.

Os produtos cremosos tendem a ser a melhor escolha para peles normais a secas, já que proporcionam um aspecto mais hidratado e luminoso.

Uso criativo de contorno em pó para efeitos sofisticados

Usar contorno em pó pode criar resultados mais definidos e é especialmente adequado para peles oleosas ou para climas quentes e úmidos, onde a maquiagem cremosa pode derreter ou deslizar. Aqui estão algumas práticas recomendadas para o uso de contorno em pó:

  • Sempre aplique o contorno em pó sobre uma base em pó para evitar que ele grude em áreas indesejadas e para garantir uma aplicação suave.
  • Para efeitos sofisticados, use um pincel angulado ou um pincel de contorno específico que permita precisão na aplicação.
  • Brinque com tons mais claros e mais escuros para criar contrastes que acentuem ainda mais as áreas contornadas.

Ao contrário dos cremosos, os pós são excelentes para “selar” o contorno, fazendo com que dure mais tempo.

As melhores práticas de blendagem para um look impecável

A blendagem é uma parte fundamental do processo de contorno e não deve ser negligenciada. Aqui, destaco as melhores práticas para garantir um acabamento sem divisões entre sombras e luzes:

  1. Use movimentos circulares e ascendentes para integrar as sombras ao restante da maquiagem.
  2. A blendagem deve ser feita com pincéis limpos e específicos para evitar que os produtos se misturem.
  3. Para uma aparência mais natural, a luz deve ser suavemente mesclada ao contorno, criando um gradiente sutil.

O sucesso na blendagem reside na paciência e na prática. Quanto mais cuidado e atenção forem aplicados neste passo, mais natural será o resultado final.

Correção de contorno: Ajustando intensidade e tonalidades

Às vezes, o contorno pode acabar ficando muito marcado ou com a tonalidade errada. Quando isto acontecer, não é necessário começar tudo de novo. Abaixo estão algumas estratégias para corrigir o contorno:

  • Use uma esponja de maquiagem limpa para suavizar bordas muito marcadas.
  • Se a cor estiver muito escura, aplique um pouco de base ou corretivo sobre o contorno para amenizar.
  • Em casos de um contorno muito claro, construa a cor aos poucos com um produto ligeiramente mais escuro.

A correção demanda um pouco de paciência, mas com as ferramentas e técnicas corretas, qualquer erro é passível de ajuste.

Técnicas de contorno específicas para realçar características

Cada formato de rosto se beneficia de diferentes técnicas de contorno. A seguir estão algumas sugestões focadas em realçar características específicas de diferentes tipos de rosto:

  • Rosto Redondo: Enfatize as áreas abaixo das maçãs do rosto e ao longo das têmporas para criar uma ilusão de rosto mais anguloso.
  • Rosto Quadrado: Contorne os cantos da mandíbula e as têmporas para suavizar as linhas fortes.
  • Rosto Alongado: Aplique o contorno horizontalmente nas áreas da testa e do queixo para criar uma ilusão de rosto mais curto.

A prática de estudar diferentes formatos de rosto e aplicar as técnicas corretas para cada um é o que diferencia um bom maquiador.

Maneiras de integrar contorno e iluminação

Além de contornar, iluminar é essencial para realçar ainda mais os traços desejados. A união dessas duas técnicas traz dimensão e destaque ao rosto. Veja como integrá-las:

  • Após aplicar o contorno, use um iluminador nas partes altas do rosto, como topo das maçãs do rosto, a ponte do nariz, o arco do cupido e o centro da testa.
  • Certifique-se de que o contorno e o iluminador se complementem em termos de tonalidade e textura.
  • Use a técnica de “strobing” (aplicar iluminador sem contorno escuro) para uma abordagem mais sutil.

O equilíbrio entre contorno e iluminação pode fazer toda a diferença no resultado final da maquiagem.

Tendências atuais e futuras em técnicas de contorno

As tendências de contorno estão constantemente evoluindo. Atualmente, o foco está em técnicas mais naturais e menos marcadas, diferentemente dos contornos intensos e dramáticos vistos em anos anteriores. As previsões para o futuro indicam uma perspectiva ainda mais naturalista, com a popularização do “contorno invisível”, onde o objetivo é esculpir o rosto sem que as técnicas aplicadas sejam perceptíveis.

A influência das tecnologias e das plataformas de mídia social também continuará a moldar as tendências, com truques e métodos inovadores surgindo de influenciadores de beleza de todo o mundo. Manter-se atualizado com essas mudanças é essencial para qualquer entusiasta de maquiagem.

Conclusão

Dominar as técnicas de contorno é uma habilidade valiosa que pode transformar completamente a maquiagem, oferecendo não apenas a capacidade de realçar a beleza natural, mas também de criar looks inovadores. Com a prática e o conhecimento adequado sobre produtos, ferramentas e métodos de aplicação, é possível alcançar um resultado digno dos profissionais.

O contorno é uma arte que exige compreensão sobre a anatomia facial, a capacidade de visualizar onde luzes e sombras devem cair para criar a ilusão de profundidade, e um toque leve para a blendagem. Seja com contorno cremoso ou em pó, a técnica tem o poder de aprimorar, corrigir e até mesmo transformar os traços faciais de forma sutil ou dramática, conforme a preferência.

Assim, independentemente se você é um iniciante em busca de melhorar suas habilidades ou um maquiador experiente buscando refinar suas técnicas, a arte do contorno é uma jornada contínua. Há sempre algo novo para aprender e explorar, e com as informações e dicas compartilhadas neste artigo, você está um passo mais perto de elevar sua maquiagem para o próximo nível.

Recapitulação

  • O contorno é uma técnica de maquiagem avançada para definir e realçar características faciais.
  • A seleção correta de paletas de contorno é fundamental, especialmente para combinar com o tom e subtom de pele.
  • O mapeamento facial detalhado orienta uma aplicação precisa do contorno.
  • Produtos cremosos são ideais para um acabamento natural, enquanto pós são melhores para definição e durabilidade.
  • A blendagem é essencial para evitar linhas marcadas e integrar contorno e iluminação de forma harmônica.
  • Correções podem ser feitas para ajustar a intensidade e a tonalidade do contorno.
  • As técnicas de contorno variam de acordo com o formato do rosto, e a integração com a iluminação traz dimensão ao look.
  • As tendências em contorno estão se movendo em direção a técnicas mais naturais.

Perguntas Frequentes

P: Qual a principal diferença entre contorno cremoso e em pó?
R: O contorno cremoso tende a oferecer um acabamento mais natural e é mais fácil de esfumar, enquanto o contorno em pó proporciona mais definição e é ideal para peles oleosas ou ambientes quentes.

P: Como posso evitar que o meu contorno fique muito marcado?
R: Utilize técnicas corretas de blendagem com um pincel limpo ou esponja e inicie sempre com menos produto, construindo a cor aos poucos.

P: Quais são as áreas do rosto que devo contornar para criar definição?
R: Geralmente contorna-se as bordas da testa, abaixo das maçãs do rosto, a linha da mandíbula e as laterais do nariz.

P: Posso corrigir um contorno que ficou muito escuro sem remover toda a maquiagem?
R: Sim, você pode usar um corretivo ou base mais clara para suavizar a cor e então reforçar a blendagem.

P: O contorno deve ser feito antes ou depois da base?
R: Depende da preferência pessoal e da técnica utilizada, mas geralmente é realizado após a aplicação da base para um efeito mais natural.

P: Devo usar um contorno mais claro ou mais escuro que minha pele?
R: O contorno deve ser ligeiramente mais escuro que o tom da sua pele, enquanto as áreas iluminadas devem ser mais claras.

P: Como se mantém atualizado com as novas tendências de maquiagem, especialmente contorno?
R: Acompanhar influenciadores de beleza, fazer cursos, participar de workshops e estudar as transformações nas passarelas e revistas são formas eficazes de se manter informado.

P: Pode-se usar bronzer como contorno?
R: Sim, desde que o bronzer seja de um tom adequado para criar sombras naturais no seu tipo específico de pele.

Referências

  1. “Maquiagem: técnicas incríveis dos profissionais das celebridades”, Patrícia Trigueiro, ISBN 978-85-68925-05-7.
  2. “Manual de Maquiagem: Guia Completo para Iniciantes e Profissionais”, Vanessa Rozan, ISBN 978-85-02-21864-7.
  3. “Segredos da Maquiagem”, Duda Molinos, ISBN 978-85-06-06345-9.
Artigo anteriorGuia Completo de Maquiagem para Pele Negra: Tudo que Você Precisa Saber
Próximo artigoContorno para Iniciantes: Primeiros Passos para uma Make Impactante